Visualizações de página do mês passado

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Mediocridade

Sou feliz
Pela pequena infeliz
Vida que levo?

Na mediocridade minhas lágrimas enterro
E tenho dito que meu maior erro
Foi tardar a vir a vida que está

Em plenitude vou adiante sem ligar
Para o preconceito que tenho
                     em fronte

E devo lembrar que em breve meu fim chegará...
É certo deixar a "vida" me levar?
Sou obrigado a me deixar repreender e ponderar?

Mas ainda assim falo e repito
Que sou convicto
E acredito

Que seu fim
Vem antes de mim
Oh sistema ruim!

Erick Silva

Um comentário:

Izócelis Escaleno disse...

surpreendente, poeta!!!

Postar um comentário